Loucura a flor da pele.

Cada vez mais, tenho mais certeza de não passo de um louco, não apenas louco, um louco romântico talvez.
Descreio da capacidade de loucos terem amores platônicos, então deixo de ser louco, e passo a ser apenas um bobo sentimentalista que ainda acredita que um dia encontraremos um par perfeito, que suprirá todas nossas necessidades. Isso procede?

Sinto-me um bobo, por disfarçadamente contemplar teu sorriso, enquanto tu nem sequer sabes que admiro. Sinto-me louco, por acreditar que tudo em que imagino um dia deveras acontecerá. Um romântico por aceitar-te como és, mesmo com teus defeitos e imperfeições.
Teu cheiro que fica no ar quando tu passas, e que me deixa apenas na vontade de sentir de perto o cheiro que tanto me causa tal frenesi.

Apesar disso tudo, não tenho medo de parecer apenas um louco enamorado, um bobo alucinado, ou um romântico abobalhado.


5 comentaram:

Eliza Nayonara disse...

Acho lindo esse nosso momento de romantismo, hahah

henrique menna disse...

oi, seu Blog é muito bom, é shown adorei mesmo, vou segui ele, quando de da uma olhada no meu http://henrique199.blogspot.com/, um forte abraço!

Raquel Castro disse...

Quando o assunto é amor, nada é racional. Por isso todos que amam são de certa forma loucos, acredito eu. :)

Belas palavras, belo blog!

maRco disse...

qto tempo eu não apareço aqui neah guri?
pois to vindo e ja digo q é pra te passar uma tarefa!
tem desafio pra voce no meu blog.
http://marcoaurelioalves84.blogspot.com/2010/05/6-coisas-que-voce-nao-sabe-sobre-mim.html
passa la e confere. quero ler logo as respostas viu?

abração